quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

OS MAIORES ERROS DA CAUSA ANIMAL

Existem muitas pessoas envolvidas na causa animal e que se consideram militantes,mas no entanto acabam prejudicando os animais com suas ações.

1° erro:CRITICAR AS ATITUDES ALHEIAS

Não existe coisa mais prejudicial na causa animal do que aquele que se acha dono da razão,não aceita a opinião alheia e ainda critica o trabalho dos outros.
Este ser consegue ser desagradável e ao mesmo tempo nocivo ao ponto de desestimular quem faz trabalho na proteção animal.
Ele é o rei da ignorância e em muitos caso é um militante virtual e não cuida de animais.
Ou seja ,não bota em pratica nada aquilo que defende e vive na sua zona de conforto infernizando a vida dos verdadeiros protetores.

2° erro:CASTRAÇÃO EM MASSA
As castrações evitam gestações desnecessárias,mas nem todos animais do mundo devem ser castrados.
As castrações em massa podem trazer danos futuros ,como por exemplo a extinção dos animais domésticos.

3° erro:COMPARTILHAR LINK MENTIROSOS
Antes de compartilhar um link é bom ver sua procedência.Coloque o assunto na pesquisa do Google e se existir realmente uma matéria sobre o caso irá aparecer.

4° erro:DIVULGAR FOTOS DE ANIMAIS OU PESSOAS SUSPEITAS DE MAUS TRATOS
Um crime nunca vai justificar o outro.E divulgar nomes,fotos ou endereços das pessoas é crime.Sem falar que a maioria das postagens com esse conteúdo são casos de Cyberbulling e devem ser denunciados.
Outro fator importante é saber que toda pessoa(inocente ou culpada)tem direito a um julgamento.E não cabe as redes sociais julgar e sim a JUSTIÇA.

5° erro:JULGAR E COLOCAR APELIDOS
Só quem julga é juiz ou Deus,mas tem muita gente nas redes sociais achando que podem fazer isso.Vejo muitos,inclusive usando a alcunha de protetor ou defensor de animais,mas que usa apelidos  para as pessoas que cuida de animais sem condições financeiras.tais como:acumuladores,colecionadores,etc....
O mais estranho é que a atitudes desses falsos defensores é sempre ferrar com a vida da pessoa que passa por dificuldades e nunca ajudar os animais.Afinal existem milhares de animais sofrendo fome,sede,e violência nas ruas ,mas ele prefere atacar quem cuida com dificuldades e nunca se oferece para ajudar.
Em geral quando conseguem com ações de outros fdp tirar os animais dos protetores ,os animais vão para os ccz onde serão mortos.
As redes sociais estão cheias desse tipinho.Em geral são mesquinho e de baixo nível.ELES NÃO GOSTAM DE ANIMAIS e essa é uma maneira de prejudica-los com a máscara de bom cidadão,quando na verdade um bom cidadão ajuda quem esta em dificuldade e não tenta prejudica-lo.

6°erro:OPORTUNISTAS
Essa é a maior praga que existe na causa animal.Por causa desses seres mesquinhos a causa animal anda com passo de tartaruga e por mais que verdadeiro protetores lutem,os oportunistas tentam de todas as maneiras atrapalhar para arrecadar mais recursos.
Esse tipo odeia abrigos e quem recolhe animais nas ruas,prefere fazer o trabalho sofativista,sem nenhum contato com animais.
Eles sempre tiram fotos com políticos e participam efetivamente dos eventos para aparecer na mídia e continuar roubando os recursos da causa animal para seus bolsos.

7°erro:QUEM CALA CONSENTE
Um dos grandes erros da sociedade é se calar quando deveria gritar.
Muitos veem a violência contra os animais ,mas não denunciam, e com isso só ajudam a aumentar as estatísticas da violência .

8° erro:APOIAR COMÉRCIO DE ANIMAIS
É comum vermos pessoas dizendo que são protetoras ou que amam animais,mas compra e só tem animais de raça,ou até mesmo fazer cruzamento para vender os filhotes.
Enquanto se super valorizar as raças,vai existir o comércio.
É bem fácil ir nas feiras de adoção e adotar um vira-lata carente...
mas um vira-latas não dá status para aqueles que vivem de aparências!
Somente pessoas evoluídas abrem mão da vaidade e adotam um animal abandonado,pois sabem que além de uma boa ação,terão um grande amigo.

Estes são apenas alguns dos muitos erros da causa animal no Brasil e um dos grandes motivos de não haver progresso neste setor.
É preciso uma mudança de mentalidade.
É preciso amor e respeito aos animais e as pessoas.
É preciso educar a sociedade com bons valores morais.
Sem isso a causa animal fica desacreditada e ao invés de aumentar a quantidade de militantes ,o número é reduzido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ACACI agradece a sua colaboração.